Oficina
Křížkovského 10
771 80 Olomouc
+420 585 633 344

Diretor do projeto
Mgr. Daniel Nemrava, Ph. D.
+420 585 633 342
dnemrava@hotmail.com contato

Projeto

Estudos Latinoamericanos (LAST) é um projeto realizado pelo Departamento de Filologia Românica da Faculdade de Letras da Universidade Palacký em Olomouc, em colaboração com o Departamento de Ciências Políticas e Estudos Europeus e o Departamento de Sociologia e Andragogia da Faculdade de Letras da Universidade Palacký, e com o Departamento de Ciências Políticas da Faculdade de Letras da Universidade de Hradec Králové. O projeto LAST está sendo financiado pelo Programa Operacional de Educação para Competitividade (OPVK) por meio dos Fundos Estruturais da UE. O valor do financiamento do projeto foi estimado em 17,3 milhões de coroas tchecas.

O objetivo do projeto é criar uma plataforma interdisciplinar para o estudo integral da região latinoamericana com a participação de especialistas tchecos e estrangeiros das áreas da filologia românica, filologia orientada à economia aplicada, ciências políticas, história e antropologia cultural. O projeto pretende interligar diferentes centros universitários tchecos cujos programas de estudo se orientam em grande parte à problemática da América Latina. Deste modo vai fomentar a colaboração, até agora pouco desenvolvida, no campo da inovação conjunta de planos curriculares, da criação e do intercâmbio de materiais de estudo, assim como do ensino de 58 disciplinas inovadas. Graças aos processos de inovação e à organização conjunta do ensino, vamos realizar um programa de estudo único que, de forma exclusiva na República Tcheca, oferecerá Estudos Latinoamericanos integrais e interdisciplinares que englobem as regiões hispânica, lusófona e francófona. O ensino será complementado por uma série de conferências proferidas por especialistas estrangeiros. O grupo a que o projeto se dirige são os estudantes da Universidade Palacký em Olomouc e da Universidade de Hradec Králové. Ao longo de três anos, conta-se com a participação de, pelo menos, 960 estudantes e 19 especialistas responsáveis pelo ensino.